quarta-feira, 18 de março de 2020

Larvas de Besouro Quelonariídeo em Minas Gerais

Cesar socoooorrro! Eu sou muito lerda como vc bem sabe XD!

Fui tirar fotos de um cupim que, inclusive, já foi identificado como Heterotermes sp. (Blattodea: Termitoidae: Rhinotermitidae: Heterotermitinae)

lá no Inat. Daí quando passei a foto pro computador, vi que tinha um bicho bem camufladinho ali no canto! Me dá uma ajuda com a ID?
TaMi de Itaguara, Minas Gerais.
Sabia não, Tami. Tentei pesquisar insetos termitófilos, principalmente coleópteros e dípteros, mas até miriápodes e não encontrei nada que eu pudesse chamar de um bom palpite. Era no ninho mesmo, né?



Atualização - Tami: Cesar, a lerda ataca novamente! Eu achei a criatura novamente, mas como estava mexendo na horta, deixei num lugar p pegar depois e acabei esquecendo. Quando me lembrei, tinha chovido e levado a criatura embora :(! Pelo menos tirei uma foto. Quando for mexer na horta de novo, vou procurar outro e tentar que sobreviva até o adulto emergir p sabermos do que se trata hahah!


Bom, sobre as condições q encontrei esse, posso dizer:
- foi num toquinho de madeira apodrecida
- essas "bolinhas" perto dele são fezes de um diplópode
- não havia cupins, mas muitas formigas dentro do toco

(...)

Cesar, o treco é msm um inseto! Nessa foto, se eu nao estiver doida, da p ver 3 pares de pernas! Olha:
Cesar: Eu tava pesquisando uma outra larva e abri este pôster. Acho que temos a identificação de Chelonarium sp. (Chelonariidae), são mais de cem espécies no Brasil.


TaMi: Eu fui procurar mais informações sobre as larvas de Chelonarium. Achei um trecho no livro Insetos do Brasil (Costa Lima) falando que as larvas são todas como aquáticas.
Então faz sentido encontrá-la numa bromélia. Tenho um canto bem úmido no jardim onde pinga água constantemente. O tronco onde eu achei os trequinhos (pupas?!) Fica há 1,5m de distância dessa área encharcada. Amanhã vou tentar encontrar larvas por lá

Nenhum comentário:

Postar um comentário