quarta-feira, 8 de abril de 2020

Paquinha em São Paulo

Olá César, andei meio sumido mas este alienígena me trouxe de volta. Nunca encontrei nada parecido em Casa Branca - SP. Um abraço
mpg Arte.
Marcelo, este é o segundo inseto alienígena que tenho notícia hoje. Este bichinho é uma paquinha, grilo-toupeira, cachorrinho-do-mato entre outros nomes.  Acho que é Neocurtilla hexadactyla (Gryllotalpidae: Gryllotalpinae: Neocurtillini), mas é preciso ver em detalhes as garras de lado.

Lagarta Automeris no Rio de Janeiro

Olá! Tudo bem?
Gostaria que identificasse a linda lagarta abaixo. Ela é tóxica? Existe perigo, caso seja tocada por humanos ou animais?
Dia: 07.04.2020
Local: Cordeiro-R.J.
Foto: Heloísa Ahlert
Aguardo. Grata!
Lúcia Lopes.
Lúcia, esta é uma larva de Automeris (Saturniidae: Hemileucinae: Hemileucini), pode ser A. naranja ou A. umbrosa. As cerdas e o dorso costumam ser bem verdes, eu acredito que ela está mudando de coloração por que já estava pronta para empupar. Estas lagartas são urticantes se pressionadas, mas os acidentes não costumam ser graves.

Mariposa Tosale em São Paulo

Boa tarde César!! Esse Lepdoptera foi encontrado em uma reserva estadual em Águas da Prata-Sp. Pode ajudar com a ID?
Lima Jcs.
Deve ser macho de alguma Tosale sp. (Pyralidae: Chrysauginae).

Percevejo Discogaster no Ceará

Olá boa noite. Encontrei esse percevejo em minha varanda pela manhã, pensei que estava vivo, mas deve ter morrido na forte chuva da madrugada. César você saberia a Id? Juazeiro do Norte Ceará.
Herbert Arraes.
Este é um percevejo Discogaster sp. (Coreidae: Coreinae: Discogastrini). Vejo que há até exemplar em Coreoidea Species File identificado apenas no gênero.

Percevejos Riparocromídeos em Minas Gerais

Bom dia, Cesar. Minha primeira vez comentando por aqui, apareci por recomendação de um amigo e adorei o site. Encontrei estes dois insetos em São João do Paraíso, MG, pode me dizer qual é? E se é perigoso?
Givanildo Sousa.

Givanildo, ambos são percevejos da família Rhyparochromidae e me parecem espécies diferentes, algo semelhantes a Froeschneria sp. (Rhyparochrominae: Myodochini) e Elasmolomus sordidus (Rhyparochromini), o primeiro apenas semelhante morfologicamente, o segundo me parece uma possibilidade. Eles podem causar danos a algumas plantas, mas são inofensivos para nós.

Obrigado, Givanildo.

Amblipígio em Pernambuco

Boa noite!
Apareceu hoje um tipo de aranha (pelo menos eu acho que é) aqui em Camaragibe-PE. O que estranho é que ela tem 6 patas e duas antenas bem moles, como dois fios de cabelo. Queria saber se é perigosa porque saiu andando atrás do sofá que eu estava deitada e ela parece ter uns ferrões na cabeça, não consegui identificar olhos mas a região da cabeça é um pouco avermelhada, não sei se nas fotos dará pra ver. Ela tbm se movimenta beeem rápido! Vista de baixo, ela tem o corpo marrom bem claro, e vista de cima é marrom escuro.
Luan H. Nebbering.
Luan, na verdade o que vemos são quatro pares de pernas, sendo três ambulatórias e um modificado para função sensorial, de forma análoga às antenas dos insetos. O bicho é um aracnídeo, mas não uma aranha verdadeira, trata-se da ordem Amblypygi, chamada às vezes de aranha-das-cavernas ou aranha-chicote. Não se vê muito mais que a silhueta, se o vermelho é na região da boca, deve ser Charinus sp. (Charinidae). São bons predadores, não representam perigo algum.

terça-feira, 7 de abril de 2020

Lagarta Euchromiina no Rio Grande do Sul

Olá, Cesar!
Encontrei essa lagarta no Rio Grande do Sul. Podes identificar?
Cláudio Timm.
Foi difícil encontrar algo, apesar de suspeitar desde o princípio deste grupo. Esta aqui é muito semelhante à prepupa de Holophaea vesta vista em Gernaat (2017), se for do gênero, as possibilidades pela distribuição parecem ser H. erharda e H. ludens, mas eu não duvidaria de outras Euchromiina (Erebidae: Arctiinae: Arctiini).

Formiga de Correição em Brasília

Boa noite Cesar!
Encontrei essa vespa morta na chácara do meu amigo em novembro do ano passado
Tentei por bastante tempo identificar ela mas não tive sucesso, saberia dizer quem é ela?
Brasília-DF
Guilherme Fischer.
É uma formiga, Guilherme. Nunca vi nesta coloração, mas meu palpite é macho de formiga-de-correição Eciton sp. (Formicidae: Dorylinae).

Marimbondos de São Paulo

Oi Cesar! tenho essas vespas da tribo Epiponini. Suponho que as primeiras sejam Polybia. Você conhece as outras? uma delas está caçando uma Anaulacomera! em Embu, São Paulo.
Lucas Rubio.
É melhor deixar mais uma vez com o Bruno.

Borboleta Doxocopa em Minas Gerais

Olá Cesar, beleza? Cara, tentei procurar essa borboleta, mas não consegui, mas me parece ser comum. Você sabe qual é essa? Obrigado,
Marcelo Brito de Juiz de Fora, Minas Gerais.
Me parece fêmea de Doxocopa kallina (Nymphalidae: Apaturinae: Apaturini), se estou certo nas duas identificações você formou um casal. Ela pode ter uma "aparência comum", mas não acho que seja de fato uma borboleta comum, as suas são as duas do Insetologia, há espécies que são pedidos frequentes.