sábado, 10 de abril de 2021

Besouros de Minas Gerais

Olá César! Trago alguns besouros. O de 15/11/2020 estava em um pé de abiu, acredito que seja um Pselaphacus. Dia 09/12/2020 apareceram estes que acredito que são "besouros-dos-fungos", estavam em um tronco caído. Na noite de 10/11/2020 apareceu esse pequenino que não faço ideia de quem seja. Será que pode me ajudar mais uma vez? kkk Desde já agradeço!
Jefferson Coelho de São Pedro do Suaçuí, Minas Gerais.
15/11/2020
09/12/2020
10/11/2020
O primeiro peço menos combina com o do Marquinhos identificado pelo dr. Celso Godinho Jr. como Pselaphacus sp. (Erotylidae: Erotylinae: Tritomini). O segundo, imagino que seja Aegithus sp. (Erotylinae: Erotylini). O terceiro é uma Eumolpini (Chrysomelidae: Eumolpinae), esses bichos são bem difíceis pra mim, Colaspis, Percolaspis, Colaspoides, Costalimaita, algo assim.

Ninfa de Maria-Fedida Runibia em Santa Catarina

Oi Cesar. Nunca tinha visto este inseto de desenho colorido bonito, mas esta semana começaram a aparecer próximo do meu jardim em Caçador SC. Se é uma ninfa, como será na forma adulta? Grato!
Edison Costa Porto.
Parece ser a mesma ninfa identificada por Amanda Perin Marcon como Runibia perspicua (Pentatomidae: Pentatominae: Pentatomini), adultos são marias-fedidas muito bonitas.

sexta-feira, 9 de abril de 2021

Borboleta Rainha Tropical em Minas Gerais

Olá novamente Cesar, encontrei essa monarca ou rainha hoje, infelizmente já em suas últimas horas de vida (também está machucada como pode ver na asa direita caída na primeira foto) e queria saber se há como identificar exatamente qual espécie ela é. Primeiramente eu suspeitei de que fosse uma Danaus grilippus, mas depois de analisar melhor as asas abertas eu acho que não. O que me diz?
Pedro S de Raposos, Minas Gerais.
Ela na verdade parece muito a D. gilippus do D'Abrera, mas acredito que seja fêmea de D. eresimus plexaure (Nymphalidae: Danainae: Danaini), que é intitulada de soldado ou rainha tropical.

Ciclo de Mariposas Dysschema e Moscas Parasitoides em Minas Gerais

Boa noite, Cesar!

Enfim vou enviar o ciclo da mariposa "Dona Irene" (D. irene) que "te obriguei" a acompanhar junto comigo hahah!

Vamos às informações:
Elas comeram assa-peixe (Vernonia polysphaera), Havia variação de cor entre as lagartinhas, mas aparentemente, era somente o pós-ecdise, depois elas escureciam.
Elas, assim como outras lagartas da família, não queimam, mas como as cerdas são firmes, se soltam e se quebram com MUITA facilidade, podem causar uma pequena irritação (coceira!) nas áreas onde a pele é mais fina, inclusive, cheguei a achar pedacinhos de cerdas sob a pele do braço. Nada que não possa ser resolvido com uma pomada anti-alérgica hehehe!
Ahh, uma coisa interessante, as lagartas refletem pontos com brilho azulado dependendo da iluminação!
Outra coisa, desse tanto de lagartas que coletei, apenas duas estavam parasitados por mosca. Ainda aguardando concluírem o ciclo, quando completarem, anexo as fotos junto essas.

Então vamos às fotos:
(...)
A primeira parasitoide saiu hoje! Acho que é uma Tachinidae gorduxinha, confere?
TaMi de Itaguara, Minas Gerais.
Fêmea
Macho
Sim, Tachinidae, semelhante a Leschenaultia (Exoristinae: Goniini), não consta como parasitoide de Dysschema (Erebidae: Arctiinae: Arctiini: Pericopina) em Gudin & Carneiro (2020), mas consta em Carmona (2019).

Ninfa de Maria-Fedida Predadora em São Paulo

Bom dia César, seria esse uma joaninha ou besouro
Plenn_ de São Paulo, capital.
Trata-se de uma ninfa de percevejo, aparentemente uma maria-fedida-predadora, possivelmente o quinto instar de Stiretrus decemguttatus (Pentatomidae: Asopinae), tanto as ninfas como os adultos variam em coloração.

quinta-feira, 8 de abril de 2021

Mariposa Notodontídea em Brasília

Eae Cesar, como vai? Mês passado encontrei esta lagarta em uma pata-de-vaca, e a trouxe para casa para observar seu ciclo. Uma semana depois ela empupou e depois de 11 dias ela emergiu. Saberia me dizer algo sobre ela, pois n consegui achar nada além de Noctuidae. Brasília/DF
Guilherme Augusto.
Ela é Noctuoidea, mas não Noctuidae. Hummm... Em teoria, seria a nossa Schizura (Notodontidae: Heterocampinae), onde ainda ficaríamos com a dúvida em S. unicornis e S. ipomoeae. Mas se Dicentria marimba é espécie válida e as imagens em BoldSystems estão certas, esta é a que me parece combinar tanto adulto como larva, que parece virtualmente idêntica às de Schizura. O maior problema é que nenhum dos gêneros consta na lista do CTFB.

Ninfas de Barata em Minas Gerais

Ola César, tudo bem?
Tem um bom tempo que postei sobre umas baratinhas aqui no grupo, Inicialmente confundidas com ninfas blatella germânica, depois com ninfas de barata suriname, mas depois de muitas análises, e pelas características acabei descartando, enfim, voltaram a aparecer, consegui fotografar de maneira mais eficiente.
So vejo indivíduos com mesma morfologia, alguns maiores, outros menores, ficam preferencialmente debaixo de folhas e tbm gramado, e em cantos assombreados, encontro sempre no mesmo condomínio, que é cercado por mata.
Meu nome é Marcos, sou de Betim MG
Marcos Paulo Fonseca.
Mas daquela vez nós tínhamos alguns indivíduos alados, Marcos. Ainda não tenho resposta, talvez o Bruno ou o Vítor possa nos dizer.

quarta-feira, 7 de abril de 2021

Mariposa em Minas Gerais: Endobrachys?

Olá! Pode me ajudar com esta mariposa? Seria Hypoprepia sp.?
Estava repousando em uma janela, do lado de fora da sede do Parque Estadual Mata do Limoeiro (Ipoema, Itabira -MG).
A área é de Floresta Estacional Semidecidual Aluvial, em transição com o Cerrado.
Fotos tiradas em 06.12.2020, às 6:30 da manhã.
Franklin Logan.
Franklin, eu até encontrei uma que combina bem com ela, identificada como Endobrachys revocans (Megalopygidae: Trosiinae) por Bruno Moraes. O problema que vejo, é que ela não combina com qualquer espécime de museu que eu encontro (1, 2). Mas cheguei nela por que me pareceu ter afinidade com este grupo, então creio que, se não for, é algo em torno disso.

Lagartas Saturniídeas em Minas Gerais

E ai, César, tudo bem? Você poderia identificar essa sp para mim? Encontrei num restoio de mata, próxima a uma nascente a 920 m aqui em Conceição dos Ouros MG, mata atlântica. Desde já lhe agradeço.
Wilder Gomes.
Wilder, a única certeza que tenho é que elas são Saturniidae: Hemileucinae, o meu melhor palpite é Periga sp. (Hemileucini). Devem queimar que é uma beleza.

Lagarta Erinnyis em Pernambuco

Oi, boa tarde!! Sou de Paulista - Pernambuco e achei esse bichinho na laje da minha casa. Achei bem parecido com o pokémon Caterpie, mas vi que a espécie do personagem é exclusiva da América do Norte, então fiquei curiosa pra saber que espécie é essa.
Natália.
Natália, esta aqui já foi chamada de Caterpie, mas este Pokémon, pelo osmetério, é um papilionídeo. Esta é a forma verde da larva de Erinnyis ello (Sphingidae: Macroglossinae: Dilophonotini).