terça-feira, 22 de agosto de 2017

Crianças, não tentem isso em casa: Aranha armadeira em São Paulo

Também gostaria de te mostrar minha ou$adia com essa Phoneutria (é uma Phoneutria mesmo?). A Clementina era muito simpática.

obs: ela foi achada na barraca de banana da feira, trouxe comigo pq iam matar :B e a deixei em uma bananeira tb
Amanda Montanhini.
Crianças, o bichinho que a tia Amanda tem na testa é uma aranha armadeira (Phoneutria, Ctenidae), um dos animais mais temidos do mundo. Jamais, sob nenhuma circunstância, repitam este experimento. Se repetirem, e algo der errado, lembrem-se sempre: eu avisei!

obs.: Quanto à "ou$adia", havia dinheiro envolvido?

Aranha Cuspideira em São Paulo

Oi César, eu tirei fotos de uma aranha que achei um pouco diferente das caseiras que se encontram no banheiro, nos cantos da parede. Essa aranha estava perto do tanque de lavar roupa, quase pulou em minha mão em sua teia grudada na parede quando fui tirar foto dela!
Guilherme Batista de São Paulo, capital.
Esta é uma aranha-cuspideira Scytodes fusca (Scytodidae). Ela é comum em residências, não representa perigo e é eficiente predadora de aranhas-marrom.

Ciclo de Mariposa Megalopyge em São Paulo

Oi meu bem <3
Eu acho que te mandei foto da Megalopygidae que criei recentemente, não me recordo. Btw, vou te mandar o ciclo dela, cerca de 4 meses até emergir, se puder ajudar com a ID... Beijinhos! tentei colocar as fotos na ordem, falhei)
Amanda Montanhini.

Amanda, baseado em pesquisa anterior, eu creio que ela possa ser Megalopyge undulata. Pelo menos o gênero Megalopyge, acho que podemos dar por certo.

Borboleta Michaelus em Minas Gerais

Saudações Cesar.
Fotografei esta Lycaenidae próximo a uma cachoeira em São João Batista da Gloria/MG.
Seria possível a ID???
Abraços.

Marquinhos.
Marcos Cesar Campis de Morro Agudo, São Paulo.

Esta e a fêmea de Michaelus jebus (Lycaenidae: Theclinae: Eumaeini). Agrolink chama os imaturos de lagarta-das-vagens, com ocorrência nas culturas da ervilha e do feijão.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Ascalafídeo Albardia no Rio Grande do Norte

Seria da mesma espécie? Encontrei em T. Grande RN.
Francierlem Oliveira.
Sim, Francierlem, Albardia furcata (Ascalaphidae: Albardiinae), nosso clássico, inseto que me fez pensar que se tratava de uma pegadinha.

Aranha Caranguejeira em Rondônia

Boa tarde, um amigo encontrou este individuo em uma zona rural, em Ji-Paraná - Ro. Tem mais ou menos 12 cm. Nossa identificação basica seria uma Theriphosidae, baseando-se na caracterização dos olhos, mas gostariamos de uma identificação precisa de alguem que entende do assunto. Se puder nos ajudar. Obrigado.
Bruno Gallo.





Bruno, neste grupo, não tenho passado da família, concordo com Theraphosidae. Talvez nossos amigos possam dar palpites mais específicos.



Victor Morais Ghirotto: Avicularia sp. (Aviculariinae).

Cigarrinha das Pastagens Mahanarva na Bahia

Não sei dizer o que seria esse:
Foto no Humaitá em Salvador.
Rafael
Esta é uma cigarrinha-das-pastagens da família Cercopidae e acredito que uma fêmea de Mahanarva fimbriolata.

Louva a Deus Tespídeo em Goiás

Ola césar, eu achei o mascote do site andando no corredor de casa, aqui em Goiânia - GO, nos estamos em uma área perto de mata de cerrado, contudo, não foi a primeira vez que encontrei esse tipo de Louva - Deus aqui, mas nas outras vezes eu não conhecia o insetologia
Lucas Marinho.
Louva-a-Deus são bichinhos difíceis. Por enquanto, me parece ser da família Thespidae, provavelmente Musoniella ou Eumusonia.

Borboleta Arawacus em Minas Gerais

Olá Cesar, tudo bem? Envio hoje esta borboleta, que sinceramente, não sei em qual família se encaixa, quanto mais à espécie. Sabe qual é?
Obrigado,
Marcelo Brito de Juiz de Fora, Minas Gerais.
Eu estou ficando com a sensação de que estas borboletas estão perdendo a cor. Na minha opinião, esta é uma Arawacus (Lycaenidae: Theclinae: Eumaeini), A. dolylas ou A. ellida.

Gorgulho Ileomus em Minas Gerais

Oi Cesar, tudo bom? Esta broca toda toda suja de pó é quem? Aliás, esta sujeira é devido a algum furo em madeira que ela fez ou é típico da espécie?
Grata,
Alice Mattos de Juiz de Fora, Minas Gerais.
Este deve ser Ileomus mucoreus (Curculionidae: Lixinae). Costa Lima em Insetos do Brasil diz:
Êste representado principalmente por I. mucoreus (L., 1758), distingue-se daquele por apresentar no ápice da declividade élitral calo mais ou menos saliente. Em ambos os gêneros o corpo apresenta-se quase sempre revestido de densa secreção polinosa, amarelada ou alaranjada, que se renova durante a vida do inseto, formando desenhos característicos em algumas espécies (mucoreus). Os machos dêstes insetos geralmente se distinguem das fêmeas por apresentarem os urosternitos basais mais ou meno sulcados no meio.