quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Mosquitos de Minas Gerais

Envio para você hoje dois mosquitos: O primeiro encontrado na Cidade de Bonfim em Minas Gerais, achei interessante sua coloração. O outro foi fotografado no jardim de casa mesmo. Provavelmente seja macho por estar sugando seiva da planta, correto?
Davidson Moreira de Contagem, Minas Gerais.
      Davidson, o primeiro mosquito, muito bonito, eu creio que seja uma espécie de Sabethes (Culicidae: Culicinae: Sabethini). São vetores de doenças, pode-se ler sobre eles em Principais mosquitos de importância sanitária no Brasil, que diz que indubitavelmente são os mosquitos mais bonitos, não nego sua beleza, mas discordo disto.
     O segundo, eu não tenho certeza, mas as pernas não me parecem Culicomorpha, mas Tipulomorpha, pra ir mais longe, ainda que sem certeza, chuto que é Limoniidae. Tipulomorfos se alimentam de vegetais mesmo. Culicídeos adultos também, até onde sei, macho e fêmea, no entanto as fêmeas precisam de sangue para maturação dos ovos e, ainda assim, há exceções.

Borboleta Arawacus em São Paulo

Saudações Cesar.
Fotografei esta borboleta no meio de uma floresta aqui em Morro Agudo/SP.
Seria possivel identifica-la?
Abraços.
Marquinhos.
Marcos Cesar Campis de Morro Agudo, São Paulo.
     Marquinhos, eu creio que o palpite de Lepsibu em Arawacus sp. (Lycaenidae: Theclinae: Eumaeini) está correto e, com esta aparência na nossa região, creio que se trate de A. separata.

Ninfas de Percevejo no Rio de Janeiro

Esse pequeno grupo de insetos (ou seriam aracnídeos?) apareceu de uma hora para a outra, próximo à janela. Moro em apartamento, oitavo andar. Há apenas um apartamento acima (uma cobertura, com cachorro, deve ter plantas, mas não sei).
Vasculhamos a casa toda e não encontramos outros focos. Esses bichos nunca foram vistos antes por aqui. 
Nosso apartamento tem algumas plantas, mas bem distantes de onde apareceram esses bichos. Verificamos as plantas e estão limpas. 
Temos um bebê de apenas dois meses e estamos muito preocupados que estes bichos sejam perigosos. 
OBS: as fotos estão em alta resolução, ampliando se vê os bichos bem. 
obrigado
David França do Rio de Janeiro.
      David, estes são filhotinhos recém-nascidos de percevejos fitófagos, provavelmente da família Pentatomidae, as marias-fedidas. Eles ainda estão junto dos ovos. Sem plantas pra sugar, eles morrem. Estes percevejos não representam perigo algum para o bebê.

Besouro da Roseira no Paraná

tenho este besouro em meu insetário e gostaria de saber informaçoes basicas sobre ele, nome popular e cientifico
Eduardo de Maringá, Paraná.
     Eduardo, este escaravelho é Rutela lineola (Scarabaeidae: Rutelinae: Rutelini), o único nome comum que encontro pra ele é besouro-da-roseira, mas Agrolink cita ainda sua ocorrência em caqui, arroz, uva e maracujá.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Besouro Rinoceronte em Minas Gerais

Cesar poderia confirmar se o besouro em questão é o Oryctes rhinoceros?
Obrigado!
Davidson Moreira de Contagem, Minas Gerais
     Davidson, consigo dizer que não se trata desta espécie, até por que ela não ocorre no Brasil.
   Infelizmente, há pouca literatura sobre a tribo Oryctini (Scarabaeidae: Dynatinae) na região sudeste, baseado em pouca informação, creio que nós tenhamos Coelosis, Heterogomphus, Megaceras e, provavelmente, Staregus spp.
     Pra uma identificação adequada, o ideal é ver os dentes da tíbia, o clípeo e muitas outras partes. Acredito em Hetrogomphus, no caso, tem que ter quatro dentes nas tíbias dianteiras, com três pode ser Megaceras.

Vespas Sociais em Minas Gerais

Oi Cesar desculpe se envio nesta postagem algum animal repetido, estou tentando organizar minhas fotos e tenho estes animais sem identificação. Pode ser que você já tenha identificado algum, mas não localizei.
Segue duas moscas, duas vespas e uma borboleta. Todos encontrados em Minas Gerais.
Obrigado!
Davidson Moreira de Contagem, Minas Gerais. 
      Davidson, o que noto nestes primeiros marimbondos, é que eles são os mesmos fotografados pela Tami, embora o segundo tenha a cabeça clara. Esta é a entrada do ninho deles? Vou ver agora se o Bruno C. Barbosa pode nos ajudar.
     O segundo eu creio que seja um camoatim Polybia scutellaris (Vespidae: Polystinae).

Provável Aranha Corredeira no Paraná

Estas aranhas começaram a aparecer no quintal de casa, geralmente no gramado, proximo ao muro, onde se escondem nos buracos. Me parece que tem habitos diurnos. São pequenas, mais ou menos 1 centimetro e meio.
Velho de Foz do Iguaçu, Paraná.
     Velho, infelizmente, há pouca nitidez na aranha da imagem. Pra mim, aparenta ser uma espécie de Corinnidae, que não são perigosas.

"Falsa Falsa Víuva Negra", provavelmente em Minas Gerais

encontrei esse espécie no meio de tijolos achei que era viuva negra mais não é queria por curiosidade a espécie.
Eu cheguei à pegar ela na mão sem querer e soltei.
obrigado
Rafael Raimundo de Guape, Minas Gerais?
      Rafael, eu diria que esta aranha se parece ainda mais com uma falsa-viúva-negra, mas ela é uma Alpaida sp., creio que Alpaida carminea (Araneidae), não representa perigo algum. Seria ela então uma falsa-falsa-viúva-negra?

Ninfa de Percevejo do Maracujá em Santa Catarina

Bom dia Cesar, gostaria de identificar esse inseto. 
Foi fotografado em setembro, estava pousado em uma folha de maracujá e foi na parte da noite.
Marcelo de Florianópolis, Santa Catarina.
      Marcelo, este é um filhotinho do lindo percevejo-do-maracujá Diactor bilineatus (Coreidae: Coreinae: Anisoscelini), ele ocorre exclusivamente em pés-de-maracujá.

Besouro Cissites e Mamagava de Toco em São Paulo

Cesar apareceu esse bicho no meu quintal aqui na Freguesia do Ó em São Paulo.
Ele está morando em um toco de madeira que é um enfeite tipo um ninho de passarinho que fica na minha varanda.
Morro de medo de insetos, mas se ele não comer minhas plantas pode comer o enfeite todo que eu deixo.
Acho que ele botou filhotes.
No furo ( buraco) que imagino foi feito por ele
Tina de São Paulo, capital.
     Tina, este buraco não foi feito por ele, mas por uma mamangava-de-toco do gênero Xylocopa (Apidae: Xylocopinae) e é ela que pode ser vista na segunda imagem. O laranjão é um besouro Cissites maculata (Meloidae: Nemognathinae: Horiini), as espécies de Meloidae, na verdade principalmente os outros, são conhecidos por arrebenta-bois, pois segregam uma secreção cáustica que causa bolhas. Quando estão no mato, animais os ingerem acidentalmente e são "arrebentados por dentro".
     Este besouro é parasita da abelhona e rouba o buraco construído por ela .
     Baseado no que foi observado na última postagem destes besouros, ele aguarda a mamangava sair e a mata. Comer suas plantinhas ele não vai, provavelmente pode ajudar a polinizá-las.