quinta-feira, 9 de maio de 2013

Esperança Cavalo-do-Cão em Minas Gerais

Boa noite.
Encontrei este incrível grilo preto em uma locadora de veículos, capturei e levei para fotografar. Mantive alguns dias em um terrário para tentar identificar a espécie. Posso dizer apenas que "canta" durante a noite, vibrando as asas e adora alimentar-se de pétalas de rosas. Após alguns dias preso, tornou-se agitado e resolvi solta-lo.
Como não encontrei nenhuma referência na internet, venho pedir mais uma vez seu auxílio.
Leandro Normando de Sete Lagoa, Minas Gerais.
Aganacris cf. nitida
     Leandro, no Brasil nós temos grilos com anteninhas longas, mas são raros, exceções à regra. Ortópteros com antenas longas são, de um modo geral, da família Tettigoniidae, conhecidos por esperanças.
     Esperanças costumam dar um trabalhinho pra identificar, mas geralmente, quando se consegue o trabalho é bastante gratificante, pois a nossa fauna é muito rica e possui indivíduos muito interessantes (1, 2 e 3) e este é mais um bom exemplo. O indivíduo em questão é um Aganacris sp. (Phaneropterinae; chave para o gênero), e a única epécie que encontro para Minas Gerais é Aganacris nitida, parece ser um macho e a única imagem "oficial" que encontro é esta fêmea.
     Dois gêneros próximos, Aganacris e Scaphura, são mímicos de vespas, neste caso, entende-se que estão imitando vespas do gênero Pepsis, por isto estou chamando de "esperança-cavalo-do-cão".

Leandro: Só tenho a agradecer pela identificação e parabeniza-lo pelo grande trabalho realizado.
Sugestão: Tente perder a "facebookofobia" e crie uma página lá, vai fazer muito sucesso.

Cesar: Leandro, eu creio mesmo que seria bastante útil, mas não acho que eu daria conta.

Um comentário:

  1. Só tenho a agradecer pela identificação e parabeniza-lo pelo grande trabalho realizado.

    Sugestão: Tente perder a "facebookofobia" e crie uma página lá, vai fazer muito sucesso.

    ResponderExcluir