sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Efêmero Baetídeo no Pará

Cesar ajuda aí! Que bichinho estranho é esse? Vi esse verdinho e um branco que pousou no meu braço. Em Santarém-Pa.
Márcia Braga.
Márcia, de toda a ordem Ephemeroptera, esta é apenas a sexta postagem. Estes são os únicos insetos que desenvolvem asas antes de se tornarem adultos; as ninfas (ou náiades) são aquáticas, deixam a água para se torarem subadultas aladas, realizam o primeiro voo e então se tornam adultas, esta me parece fêmea adulta. Mesmo a família já é difícil dizer, mas pelo que vejo das asas, parece ser Baetidae, ajuda ainda ter encontrado exemplares verdes na família e com a margem costal das asas tingidas. A fauna de Rondônia deve ser razoavelmente boa para a região, pena que as imagens são das formas aquáticas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário