segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Moscas Varejeiras Iludidas por Flor Fedida no Rio de Janeiro

Olá Cesar, tudo bem?
Estas flores da foto são de uma espécie de cactus. Hoje observei a grande quantidade destas moscas verdes nelas. Parece que elas estavam colocando ovos. Algumas formigas carregavam alguns desses ovos também. Gostaria que você classificasse as moscas e explicasse esse tipo de comportamento, inclusive das formigas.
Data da foto: 09.01.2016
Local: Cordeiro-R.J.
Aguardo. Grata.
Um abraço,
Lúcia Lopes de Cordeiro, Rio de Janeiro.
Lúcia, eu tenho muita dificuldade em identificar estas moscas verde-metálicas de olhos vermelhos, pois elas não têm características muito bem distintas, há moscas assim em famílias como Muscidae, Tachinidae e Calliphoridae, a venação das asas delas são bem semelhantes.

No entanto, as califorídeas depositam seus ovos em outros vertebrados, são parasitoides. as califorídeas são, junto com outras moscas, chamadas de varejeiras, e depositam ovos em carniça e excrementos (às vezes em ferimentos), sobraria o muscídeo que na própria foto está em uma flor.

Só que não. Esta flor está me parecendo muito com as flores da Stapelia gigantea, que são flores  de plantas cactiformes, mas não de cactos verdadeiros, conhecidas por cheirar mal e atraírem insetos carniceiros. Suas imagens são muito semelhantes às imagens em Wayne's Word, que diz:
Close-up vista de uma flor estrela-do-mar (Stapelia gigantea) mostrando várias moscas varejeira (família Calliphoridae). As moscas depositaram pequenos ovos brancos na superfície peluda da flor; no entanto, não há nenhuma esperança de sobrevivência para as pequenas larvas que em breve nascerão. Embora a flor exale o odor exato de carne podre, não fornece alimento para as larvas de varejeira. O benefício deste inteligente disfarce de carniça para a flor é a polinização por moscas varejeiras, de preferência por outra planta estrela-do-mar. (tradução minha).
Se as formigas carregavam os ovos das moscas, eu suponho que seja por predação. Mas formigas são frequentemente vistas transportando seus próprios ovos em migrações de colônias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário