sábado, 25 de maio de 2019

Pupa e Exúvia de Mariposa Citheronia no Rio de Janeiro

Bom dia César! Eu tinha visto um citheronia na goiabeira, mas depois encontro isso no chão da varanda. Nunca tinha visto. O casulo está vivo? Continua vivo no chão????
Damiria Machado de Rio de Janeiro, capital.
Aparentemente, tudo vai bem com ela, Damiria. Segundo Fronza et al. (2005):
A fase de pupa apresenta longa duração e ocorre em câmaras na terra; (...) A duração desta fase variou entre 128 e 135 dias. Na literatura existem referências que a pupa passa o inverno enterrada, só emergindo os adultos na primavera (BOURQUIN, 1940), além de Gardiner (1982) mencionar que espécies americanas deste gênero parecem ter uma diapausa facultativa controlada pela luz. A exemplo do observado em C. laocoon, que apresenta estágio pupal variável de um a três meses, ocorrendo estágios curtos de dezembro a fevereiro e estágios longos de abril a agosto (DIAS, 1978), é possível que C. brissotii brissotii apresente o mesmo tipo de comportamento, justificando os picos de ocorrência de adultos nos meses de fevereiro e abril. Além disso, Biezanko et al. (1957) também registram coletas de adultos em outubro, fevereiro e março.
Featured Creatures tem uma imagem como a sua, de pupa e exúvia juntas.


Damiria: Obrigada César, o que eu faço com o casulo? Deve demorar uns 3 a 4 meses para nascer a mariposa? Sou mãe de primeira viagem. E agora?

Kel: Oi gente, a minha Citheronia veio em duas semanas. Não seu do que depende isso, mas temperatura influi. Inclusive, elas podem entrar em diapausa e ficar mais de 6 meses. Nunca jogue a pupa fora, espere, E necessário recipiente com terra. Elas não precisam ficar totalmente enterradas, pode ficar sobre a terra. A terra tem que ser molhada constantemente, pra nao endurecer. Apenas esborrifar um pouco de água na terra. O recipiente tem que ser coberto e guardado dentro de casa em local não abafado. Vc pode cobrir o recipiente com pano fino. Monitorar duas vezes ao dia, pra ver se ela emergiu, registrar e soltar mais rápido possível, preferencialmente a noite, se a soltura demorar, ela oviposita sem acasalar, caso for fêmea.

Sobre emergir, o recipiente tem que ser do tamanho ou maior que um pote de sorvete de 1 litro, pode ser isso, ela sobe imediatamente para as paredes do recipiente quando emerge, e deve se pendurar no pano que cobre o pote, não precisando necessariamente de galho pra se pendurar. Mas se quiser pode por um galho em diagonal, mais em pe do que deitado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário