sexta-feira, 25 de abril de 2014

Odonata de São Paulo

Boa tarde César,
Achei muito interessante o seu site "www.insetologia.com.br"
Anexo algumas fotos de libelulas, ser for útil para vc, fique a vontade para usa-las !
Att.,
Hu de São Paulo, capital.
      Olá mais uma vez, Hu, sem dúvida esta é uma belíssima galeria de Odonata, onde alguns indivíduos não são libélulas verdadeiras. Odonata é um grupo dificílimo, com acentuado dimorfismo sexual, além da cor poder mudar com a idade. Eu raramente identifico além da subordem, mas tenho melhorado neste grupo: as cinco primeiras fotos são  Anisoptera (libélulas), as três últimas são Zygoptera (donzelinhas ou libelinhas), caracterizadas pelos olhos afastados e abdome delgado, em geral pousam com as asas paralelas ao corpo, havendo exceções. 
     A primeira, eu creio que se trata de um macho de Erythemis peruviana (Libellulidae), predador voraz, inclusive de insetos grandes, como outras libélulas.
     A segunda é provavelmente uma fêmea de Diastatops obscura.
     Três e quatro, suspeito de Erythrodisplax.
     A quinta pode ser mais uma Erythremis, machos jovens podem ser azuis. Se eu estiver certo, todas estas libélulas são da família Libellulidae.
     As donzelinhas, que me parecem ser todas da mesma espécie são da família Coenagrionidae, suponho que Acanthagrion sp., sendo todos machos com a exceção da que está com a traseirinha n'água. Existem outros gêneros muito semelhantes, errar aqui é bem fácil.
     Obrigado, Hu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário