terça-feira, 19 de setembro de 2017

Pulgão Parasitado em São Paulo

Oi, Cesar.
Estava fotografando umas plantinhas e reparei em um bichinho que veio de brinde nas fotos. As fotos são de uma Petrea volubilis e foram feitas no dia 08 de setembro desse ano em São Paulo, capital. Será que dá para identificar o bichinho?
(...)
Oi, Cesar. Confesso que a imagem não está muito boa, porque a intenção era fotografar a planta, o bicho veio de brinde. Vou descrever para tentar te ajudar: era um bichinho branco (a bolinha, na foto), que parecia uma joaninha (Coccinellidae) pelo formato, com 03 perninhas de cada lado e 2 antenas; e as pernas e as antenas são pretas. Como o bicho é bem pequenino, não consegui ver se tinha esse 'ferrão' (?) igual ao da foto que você postou, mas percebi que o corpo dele tem uma espécie de divisão horizontal, e a parte mais perto das antenas é mais baixa que a do resto do corpo. Ele estava andando na planta, mas não sei se tem asa. Vou postar outra foto dele (a parte da cabeça está no lado esquerdo da foto, com as duas antenas). Espero que isso ajude.
Caterina Helena Marcopoulos.
Caterina, eu estou mantendo a minha suspeita de que este é um pulgão (Aphididae) parasitado por vespa Braconidae: Aphidiinae. A evidência de que se tratava de um pulgão, é que parecem ser visíveis os sifúnculos (ou cornículas). Estar vivo me era um empecilho, pois não encontro imagens de pulgões já "redondos" como este ainda vivos. Porém, BigGuide as descreve como "cenobiontes", o que significa que o hospedeiro continua vivo até o parasitoide atingir a maturidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário