domingo, 23 de dezembro de 2012

Larvas de Lepidópteros em São Paulo

Eu achei essa lagarta, no capim, no mês de março, na cidade de Pedro Leopoldo MG, foi a primeira e única vez.Sei que é da família Papilionidae devido a presença de osmídia.
A lagarta da imagem abaixo também não sei aidentificação só sei que ela aparece em grande quantidade nas árvores.
Wolfgang Walz Hillermann de São Leopoldo, Minas Gerais.
Fotos: Wolf Walz
     Olá, Wolf!
     Cara, a primeira coisa que eu pensei quando vi sua galeria no Flickr, e isso antes do pedido de identificação, foi: Uau! Ele entende muito de lagartas, esta com certeza será uma boa fonte de pesquisa!
     Desta forma, estas eu não digo que são lagartas que eu não pude identificar, mas que são lagartas que "nem o Wolf pôde identificar!"
     Lagartas são difíceis. Existem muitas larvas muito diferentes no mesmo gênero e outras muito semelhantes em famílias diferentes. Além disso, a mesma larva pode ter aparência muito diferente em em diferentes ínstares, e Papilionidae são muito boas nisso.
     Apenas como registro da pesquisa, pode ser que ajude, a primeira deve sim ser uma Papilionidae, e eu achei mais parecida com as do gênero Eurytides. Este órgão conheço por osmetério ou osmeterium. Se por um lado é estranho que esteja difícil identificar uma Papilionidae, por outro lado não é nada estranho que não se consiga identificar uma espécie brasileira. Quem sabe por exemplo, pode se tratar de E. ballerophon, com presença confirmada em MG AQUI, mas que não encontro uma só imagem de sua larva.
     As da segunda foto, achei muito parecida com esta Letoprosopus (Erebidae), mas por esta estrutura amarela atrás, apesar de peludinhas, penso que estão mais próximas desta Symmerista (Notodontidae).
     Espero que, com algum tempo eu possa te dar mais informações, assim que tiver entrarei em contato. Para não passar em branco, esta AQUI na sua galeria, é a mesma que encontrei fontes dizendo se tratar de Hylesia sp.
     Estou também criando a tag de não identificados, para leitores que queiram se aventurar nas identificações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário