domingo, 22 de outubro de 2017

Comportamento Desconhecido de Cigarrinhas das Frutíferas

Cesar, faz tempão que eu quero compartilhar uma curiosidade com você. Em pleno verão de 2014, eu flagrei cigarrinhas Aetalion se comportando de um modo muito inusitado em um galho de aceroleira, elas levantavam o corpo, apoiadas pelas pernas dianteiras. Tanto os adultos quanto as ninfas, mas parecia que as ninfas tinham mais facilidade em realizar tal façanha. Eu pensei em várias hipóteses do porque deste comportamento. Fiz várias pesquisas, mas não cheguei a lugar algum. Me parece que tem a ver com temperatura. A partir do momento que observei isso, comecei a monitorá-las, e elas só se comportavam assim quando estava muito quente. Fiz um teste, puxei o galho para a sombra, mas as que não se incomodaram com isso, continuaram na mesma posição. Anos depois, eu descobri percevejos Antiteuchus fazendo exatamente o mesmo, num dia muito quente. A impressão que tenho é que eles querem manter o minimo possível de contato com o galho. Talvez queiram ventilar o corpo. Eu realmente gostaria de saber como se beneficiam com esse comportamento em dias quentes.
Kel de Cariacica, Espírito Santo.

Reticulated Aetalionid Treehopper from SCkel Kel on Vimeo.

Eu posso estar errado principalmente por causa das marias-fedidas flagradas em comportamento semelhante, além do fato de não se ver este comportamento em muitos outros registros. Mas tanto é normal as formigas tatearem o abdome dos insetos em busca da secreção açucarada, como alguns insetos são vistos se oferecendo para as formigas, eu penso que pode ser isto o que acontece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário