quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Aranha Caranguejeira no Espírito Santo

Olá, poderia nos ajudar a identificar esse espécime. Encontrei ela na parede externa de casa que é limítrofe com uma reserva de mata atlântica em Vitória (ES) ontem (12 de agosto) o clima está frio e úmido . Foi durante a noite e ela permaneceu imóvel, só se movendo para tentar evitar a vassoura, mas eu consegui fazê-la subir e colocá-la distante da casa, e mesmo quando caiu durante o trajeto ela apenas andou em outra direção sem oferecer nenhum indício de agressividade. Ela tinha cerca de 8cm entre a ponta da para dianteira e traseira de um mesmo lado. Ela dava a impressão de possuir dez patas, o que eu estranhei, mesmo sabendo que algumas aranhas tem apêndices frontais bem compridos. Eu não fui capaz de tirar uma foto frontal para ver a disposição dos olhos, mas da pra notar pelo menos um par na parte superior do cefalotorax, e ela possui uma marca característica no abdômen. Estamos preocupados pq temos um cachorrinho e muitas crianças brincam na região.
Agradeço desde já.
Neto Chaar.
Neto, esta é uma aranha caranguejeira da família Theraphosidae. Os apêndices frontais são os pedipalpos, eles são anatomicamente mais semelhantes às pernas neste grupo. Muitas caranguejeiras podem se defender raspando as cerdas do abdome, que podem causar irritação na pele, olhos e vias respiratórias, isto pode ser a causa da marca no abdome, talvez um cãozinho curioso tenha problema neste sentido. A picada pode ser dolorosa, mas não perigosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário