domingo, 23 de abril de 2017

Libélula Erythrodiplax em São Paulo

Como vai, Cesar? Essa libélula me chamou a atenção pelo design pouco usual, de corpo curto em relação ao porte do tórax. Estava a rodear um Eupatorium sp. florido, provavelmente de tocaia pois a flor atrai uma infinidade de adoradores de nectar, de todas as ordens, famílias, gêneros ...
Fabio Sachs de São Roque, São Paulo.
Para determinar famílias de libélulas, normalmente preciso de uma boa vista dorsal, com a venação das asas nítida. Na minha opinião, esta é uma fêmea de Erythrodiplax sp. (Anisoptera: Libellulidae).

Nenhum comentário:

Postar um comentário